15/10/2016

BOX BATMAN 5ª SÉRIE - ABRIL

 Iniciando no nº 0, em outubro de 1996, Batman, 5ª série é marcada de início pela desistência de Bruce Wayne em ser Batman e sua substituição temporária por Dick Grayson.
Esta saga é Filho Pródigo, que termina com o retorno de Wayne, como era se esperar.
Infelizmente nem mesmo as equipes criativas de então (Doug Moench & Kelley Jones em Batman, Chuck Dixon & Graham Nolam em Detective Comics e Alan Grant com o desenhista convidado em Batman, Batman: Shadow of the bat) conseguem manter o ritmo.
As histórias em geral são tramas de duas edições (veja os exemplos na série Batman com as tramas de Doug Moench e Kelley Jones em Máscara Negra, Adormecida, Crocodilo e Espantalho) cheias de personagens coadjuvantes de importância desconhecida.
A ruptura vem com Contágio que reinicia um ciclo de boas sagas, sendo seguida por Legado do Demônio, Terremoto e Terra de Ninguém, que encerra a série em julho de 2000 na edição nº 45.
Como eventuais coadjuvantes temos boas histórias de Robin que são excelentes leituras sem nenhum compromisso. Soma-se a isso a mediana Mulher-Gato e algumas histórias de Batman Chronicles, a série trimestral do personagem.