22/01/2019

BOX ÉPICOS MARVEL (ABRIL JOVEM)


Quarteto Fantástico v.s. X-Men é importante para a cronologia pois mostrava os X-Men bastante radicais após o Massacre de Mutantes com vários membros feridos seriamente, inclusive Kitty Pryde que foi a causa do conflito entre as duas equipes. Kitty havia no Massacre de Mutantes sido ferida e estava se desintegrando em seu estado fantasma, porém Reed Richards havia criado uma máquina que poderia cura-la. Mas Reed entra numa crise de fé devido a um diário do seu passado recém encontrado e se nega a salva-la. O embate é certo. Dr. Destino interfere (e depois é mostrado que Victor é responsável pelo tal diário que deixou Reed depressivo. No final tudo passa e Reed salva Kitty.
X-Men v.s. Vingadores já não é novidade hoje em dia. Uma mini com esse título foi a segunda edição de Épicos Marvel e mostrava o 2º julgamento de Magneto que foi capturado pelos Vingadores e contou com a proteção dos X-Men ( já que na época ambos eram aliados.). Vale lembrar que nesta mini ainda temos um 3º grupo agindo, os Super Soldados Soviéticos, formado pelo Gremlin, Dínamo Escarlate, Ursa Maior, Estrela Polar e Vanguard.
Na terceira edição, Mefisto queria uma alma e sua busca por uma fez com que u que o demônio entrasse em confronto com os principais grupos de Heróis Marvel (Vingadores da Costa Leste e Oeste, Quarteto Fantástico, X-Men e X-Factor) conseguindo ao final a alma de Vampira.
Passaram-se 2 anos e Epicos Marvel voltou em 1993 com uma capa especial metalizada e o retorno do Tocha Humana original! Valendo lembrar que o Tocha do Quarteto não é o original que se trata de um andróide dos anos 30 e foi o primeiro super herói marvel (quando ainda era Timely Comics). Por sinal o Tocha quis homenagear esse personagem quando adotou o nome de Tocha Humana.
Depois a revista caiu em termos de qualidade vindo com histórias medianas e em periodicidade anual. As 3 últimas edições com Homem Aranha e seus inimigos mortais (na quinta edição) , Defensores (na sexta edição) e Justiceiro, Demolidor e Magnum (na sétima).






Nenhum comentário:

Postar um comentário